Últimos posts

O quartinho montessoriano do Matheus!

Matheus não dormia bem no berço. Mesmo antes de completar 1 ano eu já cogitava a possibilidade de montar um quarto montessoriano, mas ficava com receio dele cair da caminha, pois rolava bastante no berço. Fui insistindo com o papai pra montarmos e ver como seria a adaptação do Matheus. Iniciamos então (mesmo com o berço e a poltrona no quarto) o processo pra ver como ele se adaptaria.

Começamos colocando o colchão do berço no chão. Enchemos de almofadas, travesseiros e edredons em volta do colchão e foi assim que Matheus dormiu sua primeira vez "no chão". Neste dia, optamos por colocar o colchão no chão antes do cochilo da tarde. Normalmente ele fica estático no cochilo, então seria a primeira "análise" nossa para uma possível mudança. 

Matheus dormiu, e nós fomos para a sala com a câmera aguardando o que aconteceria. Deixamos todas as portas abertas que davam acesso à sala e aguardamos... 

45 minutos depois escutamos um barulho de passinhos vindo do corredor. Eu e o papai estávamos no sofá, nos olhamos e nos viramos. E não é que ele saiu sozinho do colchão e veio direto pra sala? E o melhor, sem chorar! Matheus sempre chorava ao acordar, e neste dia só um silêncio e passinhos. Ahhhh como foi bom ver ele vindo pelo corredor, sem chorar, decidindo seu próprio caminho ao sair do colchão. Sério, foi uma sensação muito gostosa!

Não tive dúvidas, eu iria sim fazer o quartinho montessoriano. Aos poucos vendi a poltrona, o berço e por fim retirei a cômoda. Matheus ficou por muitos dias dormindo no colchão do berço, envolto pelo jogo de berço pra não bater a cabeça na parede e nem no guarda roupa. Talvez não precisasse, mas queríamos nos certificar que ele não se machucaria. Ficou apenas o guarda roupa que é gigante e é um móvel extremamente bom para guardar todas as coisas do Matheus. Quem já viu, é um móvel sem puxador e é tão pesado que Matheus não consegue abrir as portas e nem as gavetas (ainda!). Mas enfim, o guarda roupa é um caso a se pensar mais pra frente.

Abaixo está a lista dos itens que usei pra montar o quarto montessoriano:
  1. Caminha montessori: esse foi um item que eu já namorava há muito tempo. Eu achei ela no instagram da Prizinhas Baby. É uma caminha de espuma com bordas e no fundo tem um tecido que não deixa o frio do chão passar. Eu comprei a de tamanho 1,50x0,80 que dá pra usar até 7/8 anos de idade. Escolhi a borda no tecido jeans marinho e o tecido da parte de dentro da minha é chevron cinza, estampado. Vem com um travesseirinho.
  2. Travesseiro de elefante: esse travesseiro ele já começou a usar antes do quartinho ser montado. Eu li muito sobre ele, tem um tecido que não deixa a criança suar (Matheus sua muito e com esse travesseiro, nada de suor). Comprei na Baby on Time, também pelo instagram.
  3. EVA´s : optei pelo EVA de 20mm porque tem a espessura maior. Testei um mais fino antes de montar o quarto e Matheus não só arrancou o EVA, como rasgou. Eu já tinha algumas peças de 20mm que comprei nos primeiros meses de vida dele, então só comprei a quantidade que faltava. Escolhi as cores: azul marinho, verde bandeira, vermelho e amarelo. Comprei no Mercado Livre na Loja Aquitanamao. A especificação é "Tapete Eva Tatame Academia Piso Escola Quarto 50x50cm 20mm".
  4. Cestos para guardar os brinquedos: optei por cestos de plástico mole, caso ele caísse por cima, não machucaria. Comprei no Balaroti.
  5. Adesivos de bichinhos: os adesivos foram enviados pela empresa Adesix antes do Matheus nascer, mas decidi guardá-los porque o quarto já tinha muita decoração. Agora estão decorando lindamente o quartinho.
  6. Varal de luzinhas: o varal já era decoração do quarto dele, é da Villa Pano.
  7. Letras em MDF: eu usei as letras do aniversário do Matheus para "delimitar" o espaço da caminha. 
  8. Mini lousa: para estimular. Comprei na Divertivida.
  9. Brinquedos de todos os tipos: ursos de pelúcia, carrinhos, um "joão bôbo" em forma de dinossauro, mesa de atividades, caixinhas com pecinhas pra montar, uma "montanha russa" que é um brinquedo que estimula a coordenação, percepção e organização da criança. Separei também 4 copinhos de plástico que eu já tinha, pra ele fazer atividades como colocar um dentro do outro, etc.
  10. Almofadas: eu já tinha as almofadas, só comprei as capinhas. Queria uma estampa que contrastasse com a cor neutra da caminha. Achei umas estampas lindas de carrinhos do Leroy Merlin, e comprei. As almofadas além de decorativas, também ficam rente à parede, pra não correr risco de bater a cabecinha.
  11. Mesinha: minha mãe deu uma mesinha pra colocar a montanha russa e mais alguma coisa caso ele quisesse brincar de pé.
Agora vamos falar um pouco sobre o método montessori, pra vocês entenderem os demais motivos que me fizeram optar por fazer o quartinho montessoriano.


Método Montessori é o nome que se dá ao conjunto de teorias, práticas e materiais didáticos criado ou idealizado inicialmente por Maria Montessori. De acordo com sua criadora, o ponto mais importante do método é, não tanto seu material ou sua prática, mas a possibilidade criada pela utilização dele de se libertar a verdadeira natureza do indivíduo, para que esta possa ser observada, compreendida, e para que a educação se desenvolva com base na evolução da criança, e não o contrário.

A compreensão mais completa do desenvolvimento permite a utilização dos recursos mais adequados a cada fase e, claro, a cada criança individualmente. Dando suporte a todo o resto, os seis pilares educacionais de Montessori são: Autoeducação; Educação como ciência; Educação Cósmica; Ambiente Preparado; Adulto Preparado; Criança Equilibrada.

Autoeducação é a capacidade inata da criança para aprender. Por desejar absorver todo o mundo à sua volta e compreendê-lo, a criança o explora, investiga e pesquisa. O método Montessori proporciona o ambiente adequado e os materiais mais interessantes para que a criança possa se desenvolver por seus próprios esforços, no seu ritmo e seguindo seus interesses.

Educação Cósmica é a melhor forma de auxiliar a criança a compreender o mundo. De acordo com este princípio, o educador deve levar o conhecimento à criança de forma organizada – cosmos significa ordem, em oposição a caos -, estimulando sua imaginação e evidenciando que tudo no universo tem sua tarefa e que o ser humano deve ser consciente de seu papel na manutenção e melhora do mundo.

Educação como Ciência é a maneira de compreender a criança e o fenômeno educativo de acordo com Montessori, e defendida pela ciência de hoje. Em Montessori, o professor utiliza o método científico de observações, hipóteses e teorias para entender a melhor forma de ensinar cada criança e para verificar a eficácia de seu trabalho no dia a dia.

Ambiente Preparado é o local onde a criança desenvolve sua autonomia e compreende sua liberdade em escolas e lares montessorianos. O ambiente preparado é construído para a criança, atendendo às suas necessidades biológicas e psicológicas. Em ambientes preparados encontram-se mobília de tamanho adequado e materiais de desenvolvimento para a livre utilização da criança.

Adulto Preparado é o nome que damos, em Montessori, para o profissional que auxilia a criança em seu desenvolvimento completo. Esse adulto deve conhecer cientificamente as fases do desenvolvimento infantil e, por meio da observação e do domínio de ferramentas educativas de eficiência comprovada, guiar a criança em seu desabrochar, de forma que este se dê nas melhores condições possíveis.

Criança Equilibrada é qualquer criança em seu desenvolvimento natural. Por meio da. utilização correta do ambiente e da ajuda do adulto preparado, as crianças expressam características que lhes são inatas. Entre outras, encontram-se o amor pelo silêncio, pelo trabalho e pela ordem. Todas as crianças nascem com estas características e as desenvolvem melhor entre zero e seis anos.

Todos os princípios do método Montessori devem funcionar em união, para que a criança se desenvolva de forma completa e equilibrada. É necessário compreender a criança para identificar nela os sinais da eficiência daquilo que lhe está sendo oferecido. De acordo com Montessori, “uma das provas da correção do processo educacional é a felicidade da criança”. Fonte: Lar Montessori
Agora vocês vão ver as fotos do quartinho, logo em seguida algumas fotos antes dele ir para o quarto e finalmente o momento que o Matheus entrou no quarto pela primeira vez. Imagens lindamente registradas pela querida Clara da Blau Fotografia.

Vejam a carinha do Matheus ao ver tudo ao seu redor. Eu me emociono toda vez que vejo essas fotos!

Matheus só foi entrar no quartinho no final da tarde. Ficou o dia todo sem ver o quartinho dele. Brincou na sala, na varanda, no condomínio. Eu estava a ansiedade em pessoa. Aí são fotos poucos minutos antes da gente "liberar" o quarto pra ele entrar.

A cara de "o que vocês estão fazendo?", "cadê meu quarto?". hahahahaha


Agora reparem na carinha dele e me digam se não tive razão de me sentir a mãe mais feliz do mundo! Passei o dia montando o quarto pra chegar o momento de vê-lo descobrindo as novidades desse quartinho novo. E valeu cada minuto!


Assista o vídeo no youtube!

« VOLTAR
AVANÇAR »

2 comentários

  1. Oi Daia
    o quartinho ficou lindo demais!!!
    A carinha dele mostra o quanto ele amou o cantinho dele

    Bjooooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Fer! Acho que a mãe ficou mais feliz ainda de ver ele assim!
      Obrigada pelo carinho de sempre.
      Bjocas e boa semana.

      Excluir