Últimos posts

Um casamento para cada estação do ano

Dar atenção ao clima e as preferências dos noivos, faz toda a diferença na organização de um casamento. 
Colaboração: Lugar 166
Imagem: arquivo pessoal
Quem nunca pediu sucesso, prosperidade e um grande amor na virada do ano? Ali, de frente para o mar e com o pé na areia, quantas mulheres não sonham em subir ao altar de véu e grinalda? Ou pelo menos viver dias de completa felicidade ao lado de um companheiro? E para atender a todos estes pedidos, o segmento de casamento não para de crescer...

Afinal, planejar um casamento não é coisa fácil! São tantos detalhes que acabam deixando muita noiva de cabelo em pé. E uma decisão simples, como definir o mês do casamento pode ser crucial para o sucesso ou fracasso do evento.

Cada estação tem a sua peculiaridade e dependendo da data escolhida, será preciso abrir mão de determinadas flores, mudar o foco da decoração, investir mais em iluminação, selecionar bem os itens do cardápio. Cada estação pede uma cor, um aroma, uma textura e um sabor.

“Sempre procuramos entender qual é a essência dos noivos e o que eles buscam, porque assim dá para definir sem erro qual é a estação do ano mais acertada para realizar a cerimônia e como vamos utilizar da melhor forma os recursos naturais que cada época pode oferecer”, pontua Larissa Coelho, gerente do Lugar 166.

Verão
Para os dias quentes do verão, as comidas leves e bebidas mais refrescantes garantem uma atmosfera mais tropical. “Trabalhar com coquetéis de frutas, saladas, molhos leves, carnes magras e substituir frituras por assados e entradas frias é o mais indicado” – comenta. As luzes e flores também influenciam muito na temperatura do local. Cores mais fechadas geralmente causam a sensação de aconchego e aquecimento. Então, investir em flores do campo com cores mais alegres e muito verde dá a sensação de frescor, além de luzes mais claras.

Primavera
Na primavera, tecidos fluidos e estampados podem compor a decoração da festa. “O legal é que investindo em tecidos estampados a decoração pode ser composta por plantas e flores mais delicadas como a Gipsofila, os famosos mosquitinhos” – explica a gerente. Já no cardápio, a primavera é a época mais apropriada para ousar e brincar com sabores, cores e aromas, uma vez que a estação oferece uma diversidade grande de alimentos.

Outono
Muitas luzes, flores e tons amadeirados combinam com o Outono, onde os dias são ensolarados e gelados e as noites frias e chuvosas. Nossa dica é apostar em um local fechado e com uma decoração mais natural, usar galhos secos dará um toque rústico e elegante ao ambiente, na gastronomia, pratos com sabores marcantes caem super bem, ainda mais acompanhados de bons vinhos.

Inverno
“É certo que no Brasil ninguém sofre com as baixas temperaturas, mas o frio daqui já é suficiente para dar total atenção a temperatura da festa” – alerta. Iluminação amarela ajuda a tornar o ambiente quente e requintado. Velas, lamparinas ou grandes lustres trazem um charme a mais para o evento, e podem ser usados em qualquer horário já que os dias são mais curtos e escuros. A gastronomia pode ser aquela quentinha, com molhos, queijos, vinhos, chocolates e especiarias.

Mas o que nunca sai de moda e não tem interferência nenhuma com a estação do ano, é colocar a personalidade dos noivos no evento, é imprimir as sensações e a identidade do casal na festa. Seja no alto astral do verão, no romance da primavera, no aconchego do outono ou na sobriedade do inverno, o importante é soltar a criatividade e aproveitar o melhor que cada estação pode oferecer.

Seguindo essas dicas e os instintos, os noivos podem garantir o sucesso do dia mais especial do início da vida a dois.
« VOLTAR
AVANÇAR »

Um comentário

  1. Adorei o post!
    Bjs!

    http://www.donnamariquinha.com.br/

    ResponderExcluir