Últimos posts

Dicas para comprar uma aliança de casamento, dentre outras joias

Quilates? Ouro puro?

Confira dicas na hora de comprar uma aliança de casamento, dentre outras joias!

As joias continuam valiosas e desejadas como há séculos, mas nunca foram tão acessíveis ao bolso do brasileiro. Por isso mesmo, é preciso ter alguns cuidados na hora de adquirir um anel, um colar ou uma aliança de casamento, como explica o especialista em joias Márcio Tamai, da Lojas Rubi . "É preciso ser cauteloso na hora de avaliar o valor da joia, saber como é a contagem dos quilates, pontos e a lapidação, para evitar cair em ciladas", explica Tamai.

O especialista listou seis dicas infalíveis na hora de comprar uma joia.

QUILATES 
No mercado do ouro, quando falamos 24 quilates significa o ouro puro, sem nenhum outro elemento misturado - que dão brilho e durabilidade a joia, entretanto eles são raros e quase inutilizados no mundo da joia. O mais utilizado em todo o mundo são joias a partir de 18 quilates (Ouro 750), que garantem 75% de pureza do ouro.
Já os quilates referentes aos diamantes são uma referência do peso total peça, porém, não deve ser o único fator a ser considerado, já que inclusões, tom e lapidação são de vital importância para a beleza da joia.

O MITO DO “PURO OURO” 
Quem nunca encontrou uma tia que jurou que aquele colar era puro ouro? É raro encontrar uma joia feita de puro ouro. O ouro 1000 como é chamado pelos especialistas, apesar de nunca conter 100% de ouro puro e sim 99,99%, é impróprio para fabricação de joias por ser muito maleável. Além disso, sem outros elementos, ele fica sem brilho e sem acabamento, que são os detalhes mais significativos em uma joia.

OURO BRANCO E ROSE É OURO 
A variação de cores do ouro é tendência e engana-se quem acredita que o ouro rose ou branco são inferiores ao amarelo. O que dá o tom ao a joia em ouro é os metais utilizados em sua liga, correspondentes a 25% de seu peso, já que o restante deve ser ouro puro. Os compradores devem se evitar as joalherias que ao invés de fazer uma liga diferente, apenas dá um banho, o que tende a se perder com o tempo.

PONTOS
Pedras preciosas são extremamente raras e são medidas por ponto e quilates (processo de medição como quilo, litros). Cada quilate de uma pedra preciosa equivale a 100 pontos. 0,2 gramas, o suficiente para fazer os olhos de qualquer um brilharem. Uma das joias mais caras do mundo possui 6,01 quilates e foi comprada em 2011 por R$ 17 milhões.

BRILHANTE NÃO É DIAMANTE 
O brilhante é uma forma de lapidação e pode ser feito em inúmeras pedras. Entretanto, como o mais usual é fazê-lo no diamante, as pessoas utilizam ele como sinônimo. Logo, é possível ter um anel de brilhante de rubi, esmeralda.

TESTE QUE NUNCA FALHA 
A única forma de testar o ouro com exatidão é enviá-lo para um instituto credenciado de avaliação. Outro ponto a ser considerado é a garantia. Lojas confiáveis fornecem garantias vitalícias para pedras preciosas e ouro. Nunca compre ouro de desconhecidos,existem muitas peças no mercado que possuem um revestimento de ouro e internamente possuem cobre, o que lhes conferem peso, porém não tem valor comercial. Os testes que os pontos de compra de ouro fazem muitas vezes são enviesados para desvalorizar as peças, já que podem facilmente alterar a composição do ácido utilizados para analisar as peças. Uma maneira segura seria avaliar as peças nas agências da Caixa Econômica que disponibilizam o serviço de empenho.


« VOLTAR
AVANÇAR »

Nenhum comentário

Postar um comentário