Últimos posts

7 dicas de como contratar um bom DJ

Contratar um DJ para o seu casamento, pede muitos cuidados. A música é dos principais itens que fará da sua festa um sucesso! E pra te ajudar nesta escolha a Mellody Eventos enviou para o blog várias dicas essenciais para que a sua festa seja única, memorável e inesquecível!
"O papel principal de um DJ é fazer com que todos os seus convidados possam por um período, viver momentos de muita magia e alegria através da música. 

Quando você envia um e-mail solicitando orçamento, como saberá se o DJ é bom, se é profissional, se é responsável e se possui um bom acervo musical? E o principal: vale a pena pagar pelos seu serviço?

1- No primeiro contato, verifique se o DJ tem a data disponível e quem vai realizar o atendimento (existem empresas que realizam várias festas na mesma data e você corre o risco de ter um completo desconhecido na sua festa que pode não estar a par do que foi combinado). Todo mundo sabe; nada melhor que o atendimento realizado pessoalmente pelo proprietário, não é mesmo?;

2- Antes de tomar sua decisão, reúna-se com o DJ para conhecer pessoalmente seu trabalho, seus equipamentos e seu repertório. É importantíssimo buscar referências sobre outras festas que a empresa que você escolheu já realizou para saber se alguma vez houve algum problema ou se realmente é uma empresa confiável que cumpre tudo da forma correta.
Pergunte a amigos, parentes, conhecidos, vizinhos, donos de salões de festas, cerimonialistas etc e também pesquise na internet, pois atualmente é possível encontrar vários comentários bons e ruins a respeito das empresas. Há inclusive sites especializados em reclamações, onde os clientes expõem o problema que tiveram com determinadas empresas e como se deu o processo de resolução do problema. Assim, dá pra saber se o serviço é de qualidade ou não. Nada melhor do que a opinião de quem já passou pela experiência para saber o quão satisfatório foi o serviço de uma empresa de festas. É o famoso boca a boca;

3- Nunca baseie-se somente em preço para contratar o DJ da sua festa; o mercado está repleto de amadores, de profissionais de fins de semana e de aventureiros. Lembre-se: estarão presentes seus amigos e entes queridos. É a festa da sua vida e nada, absolutamente nada pode dar errado. 
Bons profissionais custam (e valem) um preço justo pelos seus serviços;

4- Exija que tudo o que for combinado esteja descrito em contrato, inclusive o roteiro musical do cerimonial (musicas especiais da festa, danças, valsas, etc), os equipamentos e efeitos especiais que serão fornecidos (luz de pista, luz cênica, chuva de pétalas de rosa, etc...). Profissionais idôneos não tem medo de colocar no papel (e assinar) aquilo que prometem;

5- É extremamente importante que antes do casamento seja marcada uma reunião com o DJ para poder verificar as condições do local, verificar os pontos de energia, verificar o espaço físico, layout dos equipamentos, luzes cênicas, etc para que no dia do casamento não haja surpresas;

6- Outro ponto importante é a escolha adequada do repertório musical a ser selecionado não esquecendo de uma "blacklist" com as músicas de duplo sentido assim como as músicas que tenham conteúdo de baixo calão ou que incitem qualquer tipo de descriminação ou violência.
Uma lista de músicas pré definidas fornecida pelos noivos facilita muito o trabalho do DJ tornando assim a festa leve, alegre e harmoniosa para todos os convidados.
Não esqueça de checar quanto tempo será levado para montagem dos equipamentos e quanto tempo antes do casamento o DJ tem que estar no local para que não ocorram atrasos na festa.
A entrada da noiva também não pode ser esquecida dentre todos os detalhes da reunião que antecipa o casamento. Defina junto com ele como será a parte do cerimonial, horário de início e termino da parte das valsas, homenagens e afins;

7- A última dica talvez seja a mais preciosa; escolha o DJ certo para a festa certa. DJ’s de casas noturnas fazem ótimas baladas; DJ’s de casamentos fazem ótimas festas de casamentos; óbvio, porém nem tanto, DJ’s de casamentos devem ser ecléticos, ter um vasto conhecimento de todos os gêneros musicais pois o seu público contará com várias faixas etárias, devem ter bom senso, cordialidade e educação para lidar com diversas situações. Devem entender, essencialmente, que as estrelas da festa são os noivos e ele, DJ, deve “apenas”, proporcionar momentos divertidos e agradáveis a todos os convidados com boa música e animação.

Fazer uma festa é sempre uma alegria. Reunir os amigos, parentes e outras pessoas queridas numa comemoração é uma experiência incrível, com momentos felizes e inesquecíveis. No entanto, para que tudo dê certo antes, durante e depois da festa, é preciso estar cercado de profissionais de qualidade, que ofereçam todo o suporte necessário para fazer seu evento dar certo do início ao fim, sem nenhum estresse.
« VOLTAR
AVANÇAR »

5 comentários

  1. Amei as dicas
    Obrigada bjs

    ResponderExcluir
  2. Anônimo10/11/13

    Recomendoo.... super profissional e de qualidade. Abraço gde e obrigada por ter feito parte e alegrar ..... o nosso dia mary e cassio

    ResponderExcluir
  3. Essa matéria retrata a real situação atual, hoje em dia os "profissionais" vem deixando muito a desejar, outro quesito que acho que deveria fazer parte das dicas é o comportamento e traje do profissional que será a todo momento um dos centros de atenção de todos. Parabéns pela matéria, vou copiar e citarei a fonte. Grande abraço a todos.

    ResponderExcluir
  4. Ótimas dicas! Vale lembrar de nem sempre contratar se baseando apenas em preço! Leve em consideração a experiência do DJ e o número de equipamentos que ele vai levar!
    DJ Roger Manosi - www.festagora.com.br

    ResponderExcluir